PAGINA INICIAL
| Página Inicial  |  A Empresa  |  Serviços  |  Clientes  |  Artigos  |  Fale Conosco  
ARTIGOS

" No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séqüito enchia o templo (Isaías 6.1)."

2005: Lucro zero!

Humberto Campos Lago (*)

Há algumas semanas atrás, conversando com dois empresários de diferentes ramos de atividade, eles me disseram a mesma coisa: trabalhei duro o ano inteiro, paguei funcionários, impostos e fornecedores, corri os riscos do negócio e ao final de tudo o meu Lucro foi Zero! Isso é frustrante e inaceitável ! Por certo, existem muitos outros empresários, que passaram pela mesma e decepcionante experiência. Por quê? O que provocou isso? Será que não existe uma maneira de fazer o lucro empresarial se transformar numa conseqüência natural da atividade econômica em vez de uma loteria?

Existe sim e quero compartilhar com você uma solução simples e eficiente, capaz de reconduzir nossas empresas ao tão esperado, sonhado e gratificante "Lucro". A experiência me ensinou e comprovou que são necessárias apenas 3 providências. Porém elas irão requerer de você e de sua organização, uma disciplina férrea e trabalho em equipe. Deverão ser aplicadas em conjunto e exigirão de você perseverança e vigilância sistemática.

1.- Planejamento Financeiro: O planejamento das suas Receitas, Custos, Despesas e Lucros, mês a mês, é o primeiro, principal e insubstituível instrumento de gestão. Ele não deve ser apenas uma peça técnica, discutida, aprovada e mantida restrita à diretoria, mas deve se constituir num compromisso sério, conjunto e solidário de todas as áreas da empresa;

2.-Sistema de Informações Gerenciais: O 2º elemento necessário para a obtenção do Lucro, é dispor de um apropriado e confiável sistema de gestão. Tão importante quanto o sistema em si, é a qualidade das informações que transitam por ele: se elas forem deficientes ou falsas, você comprometerá, de forma irremediável, seus resultados presentes e futuros; e

3.-Atitude: Sua administração precisa ter uma atitude profissional compatível, diante das oscilações do orçamento. Quanto maiores forem os desvios, mais drásticas e imediatas devem ser as ações corretivas. Aqui residem as maiores falhas de nossos executivos, pois reconduzir uma organização ao lucro é tarefa dura para a qual nem todos estão preparados.

Muitas de nossas empresas fracassam, neste processo, por que: 3.1-são excessivamente lerdas, indecisas e/ou omissas; 3.2-postergam decisões gerenciais urgentes e inadiáveis; 3.3-falham em identificar a origem dos problemas operacionais; 3.4-não foram treinadas para enfrentar e vencer as adversidades mercadológicas; e 3.5-ausência de coragem, autoridade e respaldo superior para implementar medidas corretivas vigorosas.

Concluindo: Garanta a lucratividade do seu negócio, em 2.006, aplicando esta orientação, a menos que circunstâncias catastróficas venham sobre o mercado. Nossos empresários e administradores devem, pois, juntar a técnica, ao desempenho e à postura. Como diz o texto acima, precisamos de uma nova visão: grandiosa, superior, transformadora. Eu creio nisso!

(*) Humberto Campos Lago é Consultor Empresarial e Diretor da PROSPERUS.

Voltar


PROSPERUS Consultoria Empresarial Ltda.
prosperus@prosperus.com.br Fone: (41)3273-4509 e (41)9979-7747
© Copyright 2006 Prosperus. Todos os direitos Reservados.