PAGINA INICIAL
| Página Inicial  |  A Empresa  |  Serviços  |  Clientes  |  Artigos  |  Fale Conosco  
ARTIGOS

"Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém (I Pedro 4. 11)."

Gerenciamento pela Fé!

Humberto Campos Lago (*)

O estudo da administração empresarial tem evoluído, nos últimos tempos, de forma contínua e marcante. Entretanto, há uma área da vida humana, extremamente importante, e que por razões diversas, ainda não foi objeto de estudos mais sistemáticos e aprofundados: "a espiritual!". Convido-o a refletir comigo sobre este palpitante ainda que inexplorado assunto.

As escrituras têm um posicionamento muito claro, ao afirmar que todo o administrador deve administrar segundo o poder de Deus. Esta recomendação não é opcional mas imperativa; não é restrita mas ampla. Em outras palavras, somos convocados a nos interessar mais pelo poder de Deus, a procurar compreendê-lo melhor, a usá-lo em toda a sua extensão, a explorá-lo em profundidade, no processo diário de gestão.

O poder de Deus é algo tremendo no conteúdo, imenso na amplitude, eficaz na prática, além de estar disponível e ser gratuito. Com o poder de Deus vem a sabedoria e a capacitação profissional, vêem as decisões corretas e a redução dos erros. É nossa tarefa nos apropriar desta palavra, exercitá-la e recolher os frutos. O poder de Deus abre um canal de comunicação contínua com Ele, supre nossas deficiências, nos dá uma nova visão, é fonte de inspiração. A bíblia é uma bússola, a nos conduzir com autoridade e segurança, pelos melhores caminhos. Pena que sejamos tão ignorantes; pena que estejamos sub-utilizando tamanha energia; pena que estejamos desprezando remédio tão potente !

Os executivos costumam administrar as empresas utilizando princípios técnicos, metodologias avançadas e ferramentas gerencias previamente comprovadas. No intuito de ampliar seus conhecimentos e de serem bem sucedidos nas suas funções, inovam, fazem cursos de mestrado e doutorado, defendem teses etc. Será que isto é suficiente? Será esta a melhor estratégia? Será que o enriquecimento intelectual deve, necessariamente, relegar os valores espirituais a um plano inferior?

A área espiritual é tão importante quanto a área intelectual, porém ela não vem sendo objeto do interesse de nossos gerentes. Por que? Por que não existem faculdades e MBA especializados na área espiritual? Por que não investigar suas implicações no processo de gestão? Há aqui grandes potencialidades a serem exploradas; há aqui preciosos tesouros a serem descobertos; há aqui infindáveis horizontes a nos desafiar!

O gerenciamento pela fé deveria ser encarado como uma importante prioridade empresarial, porque ele se fundamenta no relacionamento com o Criador, que é a fonte suprema do conhecimento e saber. O cultivo metódico dos valores espirituais é um instrumento básico para a realização completa do homem. A vida profissional e a vida espiritual estão intimamente ligadas; são complementares e não independentes. O sucesso profissional pleno, precisa envolver o espírito. O trabalho produtivo e eficiente, a justiça no relacionamento inter-pessoal, a integridade moral, a busca do lucro, a prosperidade material etc são valores bíblicos.

Concluindo, hoje é o tempo de revisar nossa postura e de aprimorar nosso perfil profissional, orientando-os para o desenvolvimento dos aspectos espirituais da vida. E, creia-me: é gratificante; vale a pena !

(*) Humberto Campos Lago é Consultor Empresarial e Diretor da PROSPERUS.

Voltar


PROSPERUS Consultoria Empresarial Ltda.
prosperus@prosperus.com.br Fone: (41)3273-4509 e (41)9979-7747
© Copyright 2006 Prosperus. Todos os direitos Reservados.